Cinema em casa > Colunas > “Eu, Você e a Garota que Vai Morrer”
Enviado 12/02/2016 12:55 pm por Pipoca Gigante no responses

Eu, Você e a Garota que Vai Morrer

 

 

Título Original: “Me and Earl and the Dying Girl”

Gênero: Comédia / Drama.

Origem: EUA.

Duração: 105 Minutos.

Ano de Lançamento: 2015.

Elenco: Thomas Mann, Olivia Cooke, RJ Cyler, Molly Shannon, Jon Bernthal, Nick Offerman, Connie Britton.

Roteiro: Jesse Andrews.

Direção: Jesse Andrews.

 

 

 

 

 

A Culpa é dos Astros

Eu, Você e a Garota que vai Morrer” trata essencialmente das desventuras de ser adolescente. Baseado no livro homônimo de Jesse Andrews (que também assina o roteiro da adaptação), o filme foi a grande sensação do Festival de Sundance de 2015, levando o prêmio do público e o prêmio de melhor filme no evento.

Leia também a resenha sobre a obra literária “Eu, Você e a Garota que vai Morrer”.

A direção é de Alfonso Gomez-Rejon, americano de descendência mexicana que tem no currículo o comando de episódios de séries renomadas, como “Glee” e “American Horror Story”, e fez seu debute em longas com o eficiente terror “Assassino Invisível” (2014), refilmagem de “Pânico ao Anoitecer” (1976). Agora Rejon dá o grande pulo de sua carreira, entregando uma obra doce e bastante agradável. Este é, de certa forma, o “A Culpa é das Estrelas” independente e de baixo orçamento – ainda que, ao mesmo tempo, seja bem mais do que isso.

Juventude excêntrica. Earl (RJ Cyler) e Greg (Thomas Mann) não são os típicos adolescentes colegiais.

O filme deixa bem claro que esta não é uma história de amor, bem, ao menos não a típica e esperada história de amor, embora exista aqui talvez mais amor do que em muitas pretensas histórias românticas. Greg (Thomas Mann) é o típico nerd do colegial. Peculiar, criativo e inadequado socialmente, o protagonista possui o lema de passar despercebido pela sofrida época. Seu objetivo principal é simplesmente sobreviver. Para isso, conta com uma única amizade inseparável, Earl (RJ Cyler), amigo de infância que compartilha seus gostos “excêntricos”.

Conheça nossas dicas dos 30 Filmes Imperdíveis no Festival do Rio 2015 

Não há nada errado em se reunir para comer pé de porco. Bem, não se você está em um filme saído de Sundance.

A dupla aficionada por cinema cult leva a paixão ao ponto de começarem, eles mesmos, a produzir versões propositalmente “toscas” de clássicos, ou clássicos modernos, do cinema, como “Fitzcarraldo” (1982) e “Laranja Mecânica” (1971), por exemplo. É difícil acreditar, no entanto, na exclusão social de Earl, personagem muito mais decidido e adaptável. Mas essas são as liberdades criativas que os autores pedem para que aceitemos, são os chamados “saltos de fé”.

Leia nossa crítica de “Zoom”, coprodução Brasil / Canadá, com Gael García Bernal e Mariana Ximenes

Acreditamos na distância entre nós. Rachel (Olivia Cooke) e Greg (Thomas Mann) iniciam uma amizade intensa.

A trama começa a girar de verdade com a chegada de Rachel, personagem da gracinha Olivia Cooke, que com este filme e o seriado “Bates Motel” vem se especializando em personagens doentes terminais. A menina foi diagnosticada com câncer e precisará iniciar um severo tratamento. Rachel e Greg foram amigos na infância, mas andam sem muito contato na fase adolescente. A mãe do rapaz exige que ele, mesmo a contragosto, faça uma visita para a mocinha. E assim, de uma situação meio desconfortável para ambos, nasce uma honesta relação de amizade – que o filme trata de nos convencer.

Conheça a Mostra Orson Welles no Festival do Rio 2015

It Girl. Rachel (Olivia Cooke) é a menina que todo jovem teria sorte de conhecer.

Eu, Você e a Garota que Vai Morrer” é a típica cria de Sundance, filmes multi referentes, metalinguísticos e muitas vezes espertinhos demais (ou pretensiosos) para o seu próprio bem. Aqui, a coisa até que funciona bem e, após um início que nos metralha com gracinhas pseudoespeciais de todos os tipos, o filme se desenvolve e cria coração e alma suficientes para emocionar. Através de narrações e da quebra da quarta parede, as reviravoltas da trama desconstroem o filme, nos fazendo acreditar numa coisa e nos entregando algo diferente. A produção é uma história de amadurecimento criativa e que funciona, obtendo um resultado com sabor especial.

Eu, Você e a Garota que Vai Morrer” foi exibido na Mostra Expectativa do Festival do Rio 2015.

Onde encontrar: Now da Net.

 
Compartilhar
 
Notícias Relacionadas
 
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Animação Batman Ben Affleck Bradley Cooper Capitão América Charlize Theron Chris Hemsworth CHRISTIAN BALE Christopher Nolan Cinema Francês Cinema Nacional Coletiva de Imprensa Colin Farrell DC Comics Demolidor disney Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 Festival do Rio 2014 Festival do Rio 2015 Frank Miller Game of Thrones homem aranha Homem de Ferro Hulk Jennifer Lawrence Jessica Chastain Kristen Stewart Liga da Justiça marvel Michael Fassbender mulher maravilha Netflix oscar Os Vingadores pré-estreia Robert Downey Jr. Rodrigo Santoro Samuel L. Jackson star wars steven spielberg Superman Thor Tom Cruise X-Men