Cinema > Críticas > Notícias quentinhas > Festival Do Rio 2017 – Guerra dos Sexos – Borg Vs. McEnroe – Terra Selvagem
Enviado 10/10/2017 2:09 pm por Rafael Leite no responses

Seguindo com os filmes do Festival vistos, felizmente a maior parte trouxe a impressão de satisfação e apenas um até agora me fez sair realmente revoltado da sessão que mencionarei na próxima sequência de relatos.

1- A Guerra dos Sexos

Estreado por Steve Carrel (fazendo um real personagem, embora o mesmo na real tivesse um tom cômico), Carrel atua com maestria na pele desse icônico jogador que acabou auxiliando sem querer num dos primeiros episódios de busca por equidade “salarial” feminino (embora o foco fosse a busca por uma premiação com valor igual ao de um campeonato de Tênis masculino.) e Emma Stone dá a cara a jogadora de tênis que não jogou a toalha e nem desistiu por W.O. quando o assunto ver o que ela acreditava ser justo em quadra.

Mesmo que para isso fosse necessário ir na contramão dos principais órgãos da federação de Tênis mundial. Sob ameaças, sua personagem vai fundo e sua a camisa além das quadras. Enquanto isso descobre novo amor e acaba dando sendo a motivação para a criação de uma das principais organizações de tênis feminino.

Dirigido por Jonathan DaytonValerie Faris, o filme tem estréia marcada para 19 de outubro!

2- Borg Vs. McEnroe

Seguindo na temática “Tênis de quadra”, o filme não aborda trejeitos e injustiças de uma época. Mas retrata as manias de um e os “TOCs” de outro, confundindo as personalidades entre superstições ou meramente manias que distrairiam sua causa principal. Borg, o Iceberg, considerado um dos melhores tenistas da história, o sueco que se aposentou das quadras aos 26 anos, tinha uma personalidade difícil desde a infância, e mesmo perdendo, nada parecia o abalar, embora sua mente pudesse estar atordoada pela pressão.

O filme falado em língua sueca e em inglês, foi dirigido pelo dinamarquês Janus Metz Pedersen, e estreado pelo Sverrir GudnasonShia LaBeouf e pelo grande Stellan Skarsgård. Estréia em novembro.

Encaro o filme como uma versão de quadra do filme Rush do Ron Howard. Mesmo não recriando todo uma trajetória, ele encena bem uma final que mais remete a toda um viver do que à apenas um momento. Assim como é narrado por analogia no mesmo: um jogo de tênis recria a vida. Shia interpreta o antagonista… Melhor dizendo… um cara apenas que seria considerado problemático e que parecia utilizar seus “pitis” como estratégia de jogo.

3- Terra Selvagem

Cory (Jeremy Renner), caçador de coiotes e predadores traumatizado pela morte da filha adolescente, encontra o corpo congelado de uma menina em meio ao nada e decide iniciar uma investigação sobre o crime. Ao lado dele está uma agente novata do FBI (Elizabeth Olsen) que desconhece a região. O filme mostra a sequência de crimes que costumam ocorrer em remotas e gélidas localidades. Tem uma angustiante atmosfera, e um jeito narrativamente lento para prender a sua atenção gradativamente.

 

 
Compartilhar
 
Notícias Relacionadas
 
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Animação Batman Ben Affleck Bradley Cooper Capitão América Charlize Theron Chris Hemsworth CHRISTIAN BALE Christopher Nolan Cinema Francês Cinema Nacional Coletiva de Imprensa Colin Farrell DC Comics Demolidor disney Festival do Rio 2012 Festival do Rio 2013 Festival do Rio 2014 Festival do Rio 2015 Frank Miller Game of Thrones homem aranha Homem de Ferro Hulk Jennifer Lawrence Jessica Chastain Kristen Stewart Liga da Justiça marvel Michael Fassbender mulher maravilha Netflix oscar Os Vingadores pré-estreia Robert Downey Jr. Rodrigo Santoro Samuel L. Jackson star wars steven spielberg Superman Thor Tom Cruise X-Men